segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Vida Morte

Tenho vivido entre aqueles que me condenam.
Uma vida solitária,mesmo com muitas pessoas ao meu redor.
Parece que estou morto,cada noite o vazio vai crescendo dentro de mim.
Tento preencher com melodias mais é um alivio passageiro.
Procuro á cada noite por algo que venha me libertar dessa morte vida.
A noite é meu único consolo á lua me faz companhia até o amanhecer.
O dia é meu tormento não suporto mais isso!
Até quando quando estarei vagando por esse mundo mórbido?
Vida e morte,não encontro nenhuma diferença entre elas.

Autor:John Nosferatus.

Um comentário:

  1. Prêmio Letra Exótica de Poesia e Conto
    www.letraexotica.com/premio.htm
    PARTICIPE!

    ResponderExcluir